Notícias

Consultas

solicite seu orçamento de certificação
22 jul 2021

Parte 5. AGRICULTURA FAMILIAR NAS REGIÕES NORDESTE E SUDESTE.

Adilson D. Paschoal Professor Titular-Sênior da Esalq-USP

Heterogeneidade

Heterogeneidade do sistema familiar. Como já mencionado no artigo anterior, a agricultura familiar tem sua importância relacionada com vários fatores: absorção de emprego reduzindo o êxodo rural; produção diversificada de alimentos in natura e industrializados e de matérias-primas para consumo próprio e para venda, provendo a população com a maior parte dos alimentos que consome; alimentos de melhor qualidade biológica, com menos resíduos de insumos químicos artificiais; conservação e preservação maior dos recursos produtivos e naturais, sendo sustentáveis e mantenedoras da biodiversidade; e fonte de renda para as unidades familiares, gerando riqueza para o país. Basta recordar que 77% dos estabelecimentos agrícolas do país pertencem à agricultura familiar; que ocupa 80,9 milhões de hectares, empregando mais de 10 milhões de pessoas e que é responsável por 23% do valor total da produção do setor agropecuário, i.e., R$107 bilhões em 2017.

Artigo completo para download aqui