Notícias

Consultas

14 Maio 2020

Vinho orgânico se beneficia da popularidade de alimentos e bebidas sem pesticidas

A comercialização de vinho orgânico aumentou 47%, com varejistas vendendo novas bebidas para agradar aos compradores amigos da natureza

A ascensão estratosférica do vinho orgânico significa que mais pessoas estão comprando alimentos e bebidas sem pesticidas do que nunca, segundo novos números da Soil Association.

Os compradores que tomaram conhecimento da crise climática estão agindo com seus carrinhos de compras, já que as vendas de alimentos e bebidas orgânicas aumentaram 4,5% em 2019 para atingir um recorde de 2,45 bilhões de libras no Reino Unido.

Aqueles que procuram reduzir seu impacto ambiental enquanto desfrutam de uma bebida alcoólica recorreram ao vinho orgânico, com os varejistas expandindo suas linhas para atender à demanda.

As vendas de vinho orgânico aumentaram 47%, já que varejistas venderam novas bebidas para agradar aos compradores amigos da natureza.

As caixas de vegetais entregues nas residências também ajudaram o crescimento das vendas orgânicas, já que os consumidores queriam saber de onde vinha sua comida fresca.

Em parte por causa disso, o maior canal de crescimento para orgânicos foi a venda online e com entrega em domicílio, com vendas crescendo 11,2%.

Essa tendência não se limita aos veganos. As aves e ovos orgânicos tiveram cada um aumento de vendas de mais de 12%.

Clare McDermott, diretora de desenvolvimento de negócios da Soil Association Certification, disse: “A certificação orgânica significa que as pessoas podem ter certeza de que o que estão comprando foi produzido com os mais altos padrões ambientais e de bem-estar animal. O notável sucesso do vinho orgânico no ano passado é prova de que a demanda por produtos ecológicos existe e que, se os varejistas estocam mais orgânicos, os compradores o compram.”

A Soil Association é o órgão que certifica alimentos e bebidas como orgânicos no Reino Unido.

Fonte: Telegraph